23 October 2011

Opinion | Aging in style


O envelhecimento sempre foi um tabu enorme, especialmente na moda. Num mundo que se rege - quase exclusivamente - pelo aspecto exterior, quase parecia uma imposição ter um aparência jovem e fresca. 

Mas parece que algo está a mudar, a pouco e pouco. Senhoras por esse globo fora começam a assumir as suas rugas e a sua idade sem qualquer pudor. A resposta tem sido positiva. O mito de que a vida termina com a juventude poderá estar a um pequeno passo de ser ultrapassado. 

A moda, vai tirando um pouco partido desta nova tendência, e já não é raro ver mulheres de 50, 60 e até 70 anos figurarem em capas de revista, em anúncios e editoriais. Este ano, 2011, foi particularmente rico em artigos subordinados ao tema. As rugas e a classe passam a ser trunfos, e não cicatrizes a esconder. As marcas deixadas pelo tempo são ostentadas com orgulho.

Mal-grado esta sucessiva mudança de atitude, envelhecer ainda assusta muitas pessoas. Ainda se corrigem rugas, retira-se isto e põe-se aquilo. E com isto não estou a julgar. É simplesmente um facto. Não condeno quem recorre à cirurgia estética, e não posso jurar que nunca a farei. No entanto, tenho olhos para julgar as coisas, mesmo as que podem estar dentro de mim. 

E, socialmente, temos medo de envelhecer. Não só da parte estética - que, embora não queiramos admitir, é muito importante - mas da sensação de peso, de inutilidade, de abandono.

Como estudante de medicina, contacto muitas vezes com pessoas de idade mais avançada - bastante avançada até, com 90 e tal anos - e, se há casos em que a jovialidade é imensa, outros há que as pessoas não passam de autómatos. E muitas vezes me pergunto: porquê prolongar o sofrimento a estas pessoas? Porque é que o ser humano coloca a sobrevivência em tão elevado plano e se esquece que viver não é o contrário de estar morto?

Assim, acho que, de facto, a idade deveria ser ostentada como um trunfo, mas se e só se nos permitir gozar da vida. E com isto não digo uma vida sem dores, sem doenças e sem tormentas. Digo uma vida em que possamos perceber que quem está ao nosso lado são as pessoas que amamos, em que acordemos todos os dias e valha a pena, mesmo por coisas pequenas. Se isso acontecer quando eu tiver 30, 60 ou 80 anos, tanto melhor!

13 comments:

  1. Já conhecia o blog, e adorei. Um dia vou vestir a minha avó assim como as velhinhas que aparecem lá (a)

    fashion-in-blog.blogspot.com

    ReplyDelete
  2. eu não tenho medo de envelhecer :)
    não vejo mal nisso!

    ReplyDelete
  3. Adorei o que escreves-te e concordo contigo,apesar de a velhice me continuar a assustar e muito(desde a estética a diminuição de capacidades)mas quando lá chegar quero tomar o máximo partido dela e principalmente,saber faze lo!

    ReplyDelete
  4. Revi alguns dos meus pensamentos e opiniões no texto que escreveste!
    Acho lindo uma pessoa envelhecer com orgulho, com prazer e saber tirar proveito de todos os dias da sua vida e não apenas ficar a vegetar num vazio, numa espiral de tristeza e sofrimento ou pelo contrário numa busca incessante pela eterna juventude.
    Dar valor é fundamental :)
    Um beijinho :)

    ReplyDelete
  5. Muita verdade ! Todos os dias recebo velhinhos que pouco mais se apercebem do que das dores ou maleitas que os afectam... e há coisas que no limite, quando já não há nada a fazer, me deixam de coração partido !

    http://thediariesofmissbad.blogspot.com

    ReplyDelete
  6. Bem, este texto é uma inspiração!
    Estes dias estava no metro e sentou-se uma senhora ao meu lado (teria os seus 70 anos de idade) e começou a falar comigo. Ela estava incrivelmente bem apresentada, bem vestida, penteada, maquilhada, unhas pintadas e dizia-me que quer continuar assim, quer se sentir sempre bonita. Dizia-me que não percebia porque é que as pessoas de mais idade tinham um certo tabu em se arranjarem, visto que a idade era só um sinal de orgulho e vivência e não um sinal de tristeza :)

    ReplyDelete
  7. adorei o teu texto, tens toda a razão. A idade é só um número, já vi pessoas bem mais velhas a dar abadas a jovens no desporto e tudo...

    adoro ver nas revistas pessoas mais velhas a mostrarem o seu estilo e a sua personalidade.

    x

    the-fbomb.blogspot.com

    ReplyDelete
  8. Gostei muito do texto, excelente ;) E também quero ser assim quando for velhinha!

    ReplyDelete
  9. A velhice é, acima de tudo, sinal de maior experiência de vida.E a vida é para ser aproveitada da melhor forma possível. :)

    www.in-tensa-mente.blogspot.com

    ReplyDelete
  10. LOVE IT! That's exactly the sort of little old lady I want to be!

    ReplyDelete

Partilha o que pensas e não te acanhes! ;)
Se fizeres alguma questão directa, eu responderei no post! Para receberes um aviso com a resposta basta clicares em "subscribe by email".

Se preferires, podes contactar-me por e-mail (myfashioninsiderblog@gmail.com) ou através da página do Facebook (sou mais rápida)!

P.S. Aqui há espaço para críticas, mas insultos, ataques pessoais e demais despropósitos não serão publicados!

ShareThis