23 October 2012

Opinion | Pode a Moda roubar a infância?



Estava hoje a ler sobre o polémico casting da Ondria Hardin para a campanha de 2013 S/S da Chanel,
quando dei por mim a reflectir sobre algo que nunca tinha realmente pensado:
no quanto a ingressão no mundo da Moda pode alterar a vida de uma adolescente.

Com vista a evitar esta situação, a CFDA acordou uma nova recomendação neste ano, 
no sentido de promover a saúde e bem-estar das modelos,
que consistia em não usar modelos abaixo de 16 anos nos desfiles.

A modelo em questão, que, segundo algumas fontes, terá ainda 15 anos,
já participou em inúmeros desfiles na Europa, e mesmo no de 2013 S/S de Marc Jacobs, 
violando o código da CFDA.
A Vogue China foi também apontada pelos media por ter usado a modelo num dos seus editoriais,
sendo esta ainda menor (quando a política da Vogue o proíbe). Seguiu-se um pedido de desculpas.

Todavia, a polémica reacende com a notícia de que o próprio Kaiser escolheu esta menina,
de entre tantas outras modelos mais velhas, para a sua campanha mais recente,
seguindo os passos de Miuccia Prada (Ondria pode ser vista na campanha de 2012 F/W da Prada).

 A minha primeira reacção foi "Soooo???".
Mas depois pus os neurónios a funcionar e percebi que esta chapada neste código
(que não é uma lei, mas antes um conjunto de normas orientativas),
reflecte a forma como a indústria da Moda não se coíbe de jogar segundo as suas próprias regras.
Se o Karl quer uma modelo x, que lhe interessa a idade real da moça, conquanto que pareça ter 18 ou 19?
Que lhe interessa que a Ondria, por mais madura, por mais sã mentalmente, por mais alta que possa ser,
ainda seja apenas uma miúda?

As normas surgem para evitar que "coisas más" aconteçam...
O glamour da Moda não chega para disfarçar os riscos de lá entrar...
Festas duvidosas, droga (muita droga), e pessoas que tentam abusar das outras.
Especialmente as mais frágeis...especialmente aquelas que ainda têm de amadurecer.
Isto são algumas das coisas que os insiders nos contam.

Será assim tão errado que se queira impor um limite a esta corrente decrescente da idade das modelos?
Não será hora de gritar assertivamente "Basta!" e exigir mulheres e não meninas a cheirar a pó-talco?

Se deixava uma filha de 15 anos minha ingressar neste mundo tão lindo e tão podre?
Não. Mas isso já pode ser a minha cultura proteccionista ocidental a falar mais alto.
Ou isso, ou dois dedos de testa... E medo...
Muito medo das pessoas com fins maliciosos que se escondem por detrás das máscaras mais belas.

Deixo-vos com uma frase da Nika Mavrody que me ficou na cabeça:

And what's Karl if people aren't scared of him? Just an old guy with a ponytail. 



16 comments:

  1. Muito bom... A indústria da moda influencia tanto, mas tanto as pessoas! Mas acho que os jovens devem ter direito à sua infância. Concordo com essa "lei" da Vogue.

    http://my-fashion-thoughts.blogspot.pt

    ReplyDelete
  2. Desconheço o conjunto de normas mas sou a favor de uma "educação para a ,moda " se e que se pode chamar isto, mas desde que as crianças sao pequenas , pois há desfiles para meninas e meninos como aconteceu no PT fashion que já incutem nessas crianças muito or culpa dos pais, um desejo pela área. Há que saber as contrapartidas

    ReplyDelete
  3. Adorei mesmo o que disseste e concordo plenamente :)

    http://behindcatiseyes.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  4. Sinceramente não entendo a polémica, quando há desfiles com crianças e já vemos isso cá há muito! Existem catalogos com imagens de crianças e até bebés...


    Continuo a gostar de Karl como sempre... e sinceramente? Alguém apontou uma arma à miuda para ela aceitar?? E falarem dos pais não?!

    :S

    ReplyDelete
  5. Este é o lado triste (e muito feio!) da Moda. Karl Lagerfeld sempre no centro da polémica, ainda me lembro de ele defender as modelos magríssimas nos desfiles dizendo que 'as mamãs gordinhas que estão em casa não podem fazer com que todas queiram ser assim'... :/

    ReplyDelete
  6. Obrigada Nádia, és sempre uma querida!
    Quanto a este tema.. Sinceramente concordo com uma idade mínima, uma miuda de 15 anos, por mais madura que seja, não tem maturidade para isto!

    ReplyDelete
  7. Além da CFDA as modelos têm também a Model Alliance, uma espécie de sindicato para as proteger deste tipo de coisas. A verdade é que já ha muito tempo que estas coisas acontecem, mas só agora é que os media estão profundamente interessados, além de haver muito mais "cultura de moda" nos últimos anos, com os blogs e tudo o mais. Para mim o caso dos desfiles é bem pior, e acho mesmo que menores de 16 não deviam estar sujeitas à pressão, às horas que as modelos passam no backstage, para não falar da droga e desses males ainda piores. Mas acho que por enquanto, até estas organizações terem mais voz e até os designers ganharem consciênca, o ciclo vai continuar... E as modelos terão de crescer à força, a trabalhar, de uma maneira a que a sociedadade ocidental já não está habituada mas pelos vistos ainda deixa passar...

    +++
    http://styleandexpect.wordpress.com/

    ReplyDelete
  8. Esta é mais uma daquelas coisas em que eu respondo " A educação é dada em casa,as bases familiares e o saber estar."
    Não quero ser falsa e pensar que é só na moda onde as criancinhas se podem perder, aliás, basta-me ser mãe de um teen para saber que na escola há muito mais perdição, muito mais tentação, abuso e problemas de droga, alcool e afins.
    A grande diferença que vou encontrando é que , na moda, os pais podem ir acompanhando os filhos e até já os mentalizam para o que pode acontecer (o que não acontece na escola onde, pensam eles,os filhos estão seguros).
    Na moda as criancinhas vão sabendo que têm de fazer pela vida (o que pelo menos neste país, não sabem sequer, na sua maioria, o que querem ser quando forem grandes).
    Na moda já vão preparados psicologicamente para as cobras e víboras que vão encontrar (e na vida real é só surpresas).
    Não sou contra, nem a favor das ditas "crianças" na moda até porque aos 15 há já algumas que são mães/pais/ladrões/toxicodependentes tendo sempre uma "desculpa" por trás mas se fossem modelos, lá ia critica porque eram muito novas ( e para o resto não o são...pois).
    Grande parte das tops dos 80 e 90 também começaram cedo e não foi por isso que se perderam, pelo contrário, arranjaram um rumo.
    Desculpa-me o desabafo mas só quem lá está ou esteve consegue ter alguma frieza e ver que há muito bode espiatório. Podiam arranjar os tais "bodes" nas escolas e aí sim, ia cair o Carmo e a Trindade quando se visse a verdadeira podridão que há em algumas onde até a droga já entra livremente e os directores nada vão fazendo, as miúdas aparecem de barriga ( e ninguém viu nadinha), os putos roubam os colegas ( e os funcionários estão sempre muuuito ocupados encostados à vassoura).
    Resumindo: eduquem as v/ criancinhas e estarão aptas a qualquer desafio e a não sucumbirem a tentações.
    (mais uma resposta para gerar polémica)

    Beejus "miss de cabeça atinada "

    ReplyDelete
  9. É um tema polémico. O mundo da moda é muito complicado e "sujo". Depois ainda há o problema de ter demasiado sucesso, demasiado cedo que pode ter consequências terríveis. Ainda há o facto de desde muito novas sentirem a pressão dos standards de beleza. Se existem pais capaz de proteger e lidar de forma inteligente com tudo isto, talvez haja.

    http://nobresonho.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  10. Hum...concordo com o que disseste, mas também concordo com o comentário feito por "usado reciclado"... a educação que se recebe é muito importante!

    ReplyDelete
  11. A Ana Paula Arósio começou aos 12 anos. 12 anos. Na altura chocou-me, eu teria os meus 15, 16 anos e ela nas fotos dos editoriais da capricho parecia ter uns 18, 19, 20. É uma trend que infelizmente já vem de muito longe (Brooke Shields, anyone?? Lembro-me de uma campanha para jeans protagonizada por ela em que se via a moça escarrapachada em cima de uma moto, só de jeans e em tronco nu, com uma make up suuuuuuper carregada, e a parecer no entanto uma menina de 10, 11 anitos. Paraíso dos pedófilos?)mas eu também não deixaria um filho meu - fosse rapaz ou rapariga - entrar neste mundo assim tão jovem. Aliás, eu espero que nem nunca o meu filho queira entrar nesse mundo. É nisso e na politica!
    http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.pt

    ReplyDelete
  12. Penso que este é um mundo tão perigoso q para quê lançar miúdas aos leões tão cedo? E a escola secundária? Os namoricos? As primeiras saídas à noite inocentes a pensarmos q estamos a fazer uma grande coisa...as amizades...onde está isso pra essas miúdas? O crescimento quer-se por etapas e não vale saltar etapas...

    ReplyDelete
  13. É uma questão de educação, na minha opinião...sinceramente não acho a menina bonita, acho bem que se crie alguma norma para controlo mas a decisão final é dos pais. A irmã da Kate Moss tinha praticamente a vida feita mas a mãe disse que ela aos 18 anos logo decidia e aquela criança, a Thylane Blondeau que fez a campanha da Vogue, cuja mãe se arrependeu por causa do burburinho...

    Nem me digas nada, estou mortinha por o cortar outra vez 8D

    http://www.thediariesofmissbad.pt/

    ReplyDelete
  14. concordo contigo em tudo!!! e meninas de 18 anos que não tem cabeça nenhuma quanto mais meninas de 15

    ReplyDelete
  15. Acho esse concursos uma vergonha. Estão mesmo a roubar a infancia as crianças !

    ReplyDelete
  16. Sou da mesma opinião que a Ivânia, ninguém lhe apontou uma arma nem a foram buscar a casa para fazer as produções, eu cresci muito depressa devido à minha história de vida e não morri por isso sou uma pessoa bastante feliz, tendo isso em conta como experiência próprio acho este escândalo uma pura estupidez pois só entra quem quer e se os pais as deixam...

    Tiago Aleixo
    xOxO
    http://www.onliverec.com

    ReplyDelete

Partilha o que pensas e não te acanhes! ;)
Se fizeres alguma questão directa, eu responderei no post! Para receberes um aviso com a resposta basta clicares em "subscribe by email".

Se preferires, podes contactar-me por e-mail (myfashioninsiderblog@gmail.com) ou através da página do Facebook (sou mais rápida)!

P.S. Aqui há espaço para críticas, mas insultos, ataques pessoais e demais despropósitos não serão publicados!

ShareThis