16 January 2016

Personal | Romantic Paris Series - part IV


The last Paris photo series is heeeeere!
Say goodbye to the city of lights!

Hope you enjoy the pictures!


Pensavam que a foto-reportagem da minha viagem a Paris em Dezembro de 2015 tinha terminado?
Ainda não!
Esta será a última publicação, que servirá de despedida da bela cidade!

têm de espreitar as publicações anteriores da cidade!
Se já viram isto tudo, venham deliciar-se com as últimas maravilhas!

Vamos a isso?


Depois de um dia a sonhar morar no fantástico castelo da Disney,
fomos conhecer um palácio a série: o magnífico Chateâu de Versailles!
É difícil arranjar palavras para descrever o palácio...por isso deixarei as fotos falarem por mim!


Repararam na sumptuosidade da Hall of Mirrors (na foto acima), a divisão mais famosa desta atracção?

É igualmente impossível não reparar no uso de ouro de uma forma quase obscena, 
não estivesse o povo francês a morrer à fome,
enquanto os múltiplos líderes que governaram - e se passearam - pelo palácio, usufruíam do luxo!
Tiradas políticas à parte, é obrigatório salutar os sucessivos arquitectos desta obra!

Para uma próxima visita terão de ficar os luxuosos e grandiosos jardins,
bem como o Grand Trianon e o Marie-Antoinette Estate,
já que a curta duração da visita e a chuva nos impediram de os conhecer!

O resto do dia foi passado a descansar...e a rever, à noitinha, o filme Moulin Rouge...
bem apropriado, hein?

No último dia em Paris, com voo marcado para as 22 horas, 
ainda tivemos tempo para umas últimas descobertas!

Uma delas foi o Cemetière du Père-Lachaise:


Durante a visita, deparei-me com o túmulo de uma jovem vítima de Bataclan...
o meu coração ficou pequenino...
Sem palavras...


Fomos visitar, ainda, o túmulo de Chopin e o de James Morrison,
sendo o último difícil de perder, dada a popularidade do mesmo.
(Perceberão o que quero dizer quando virem as fotos mais abaixo!).


Passear pelo sinuoso Cemetière du Père-Lachaise deu-me uma genuína sensação de acalmia.
Nunca temi cemitérios, nem em criança, pois sempre me assustaram mais os vivos, do que os mortos. Antes, estes locais onde repousam vidas ceifadas, 
trazem-me sempre reflexões suaves, apaziguadoras, e desvirtuam-me do egocentrismo...

Neste dia, que amanheceu solarengo, 
os raios de sol iam aquecendo de igual forma os túmulos abandonados e aqueles mais amados, 
e esta atmosfera diáfana aguçou o misticismo do local.
Poderia ter feito uma publicação apenas com estas pedras de adeus,
de igual modo que poderia ter passado o resto do dia 
a explorar e conhecer algumas das subtilezas deste gigantesco cemitério onde, 
ao contrário do que possa parecer, os seres humanos, como em todos os locais deste género, 
vencem a batalha contra a morte, 
misturando-se no solo fértil e nascendo novamente nas múltiplas plantas que por lá crescem, rebentando novamente em cada nova folha, 
saboreando o sol, a chuva, o vento em cada nova flor que desabrocha... 
Imortais.

Depois destas reflexões, rumámos à zona do Quartier Latin,
encontrando o glorioso Pantheon e a Église Saint Etienne du Mont,
a última por puro acaso!


As fotos da igreja, que tinha uma fabulosa escadaria dupla em caracol no interior...
impressionante!



Quartier Latin foi uma das minhas zonas favoritas de Paris,
com as suas universidades e liceus, barzinhos encantadores,
e edifícios com uma arquitectura tipicamente parisiense:


No caminho da Église Saint Sulpice tropeçámos no Jardin du Luxembourg,
umas das atracções parisienses que deixáramos de lado, por falta de tempo!
Tivemos sorte e pudemos, assim, percorrê-lo ao pôr-do-sol:


Não tirei muitas fotos à Église Saint Sulpice, a 2ª maior catedral de Paris,
mas fiquei impressionada com as suas dimensões!
Está bem longe de ser tão visitada quanto a Notre Dame, o que é uma pena,
por isso não está num estado de conservação tão bom!


A última visita do dia foi a Église de Saint German-des-Prés , a mais antiga igreja de Paris,
com partes da sua construção pertencendo ao século VI...
impressionante que ainda se mantenha de pé, não acham?

PHOTOGRAPHED BY ME (except the first one!)


"And that's a wrap!"
Espero que tenham gostado de conhecer PARIS através dos meus olhos!
Até à próxima viagem!

Beijinhos e um bom fim-de-semana!

17 comments:

  1. Foi mesmo uma viagem inesquecível! Não conheço França ainda mas espero conseguir ir em breve :) adorei as fotos!

    ReplyDelete
  2. Estas fotografias estão todas lindíssimas! Paris é mesmo uma cidade bonita, espero voltar brevemente :)

    | INDIGO LIGHTS

    ReplyDelete
  3. As fotografias estão fantásticas! E esse palácio, que lindo!

    Um beijinho,
    http://guiltypleasureeeee.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  4. As fotos estão maravilhosas. Adoro :3

    ReplyDelete
  5. Epá, também quero! :)
    Paris está na lista das viagens a fazer em primeiro... Vamos lá ver quando será. Mas já deu para ver um bocadinho dela. É linda! Obrigada pelas fotos tão bem tiradas e lindíssimas :)
    Beijinho

    ReplyDelete
  6. Tal como nos posts anteriores sobre Paris, as fotografias estão espectaculares :)
    Quanto estive lá não fui ao cemitério de Père-Lachaise, tenho pena. Não me recordo de alguma vez ter visto fotografias do túmulo do Chopin, é bonito! O do Morrison quando vejo fotos está sempre assim, cheio de tralha.
    Que viagem espectacular que fizeste :)

    http://aondenaoestou.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  7. Mais uma vez fotos lindíssimas! :)

    http://batomebotasdatropa.blogspot.com/

    ReplyDelete
  8. Que ftos lindas, Nádia! E obrigada por este teu roteiro, aguçaste ainda mais a minha curiosidade e já me deste umas ideias do que visitar! :)

    ReplyDelete
  9. As fotos estão maravilhosas :)

    http://checkinonline.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  10. Tão lindo! As fotografias estão mesmo maravilhosas!
    Beijinhos,
    Vou de Saltos

    ReplyDelete
  11. Passei dez dias em Paris tinha eu uns 19, 20 anos, com a minha irmã, e estavamos alojadas próximo do Pére Lachaise. Tinhamos uma estação de metro a uns passos do local onde ficamos, mas eu fazia questão de todos os dias atravessar o cemitério e apanhar o metro numa estação um pouco mais longe só para poder usufruir da atmosfera calma e pacifica do local. Já quase que sentia conhecer o cemitério como a palma da minha mão, e havia um tumulo em particular o qual me chamava muito, ainda hoje em dia n sei pq mas sempre q lá passava - e chegava a percorrer o cemitério na intenção de passar por lá! - sentia algo estranho em mim, e nem sequer era um daqueles tumulos mais grandiosos, era uma coluna de pedra alta, quase que fazendo lembrar o obelisco, com uma pequena porta de metal na base onde estava sempre uma rosa enfiada na fechadura, e com gárgulas no topo. Ainda hoje quando revejo as fotos que tirei a esse tumulo sinto uma espécie de alvorço na alma... enfim, cenas maradas. Eu gosto muito de cemitérios, e tenho experiências muito marcantes nesses espaços. Não me assustam, mas impoem-me um rspeito que não sei explicar.
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  12. Que vontade de visitar esses locais só de ver as fotografias!
    Beijinhos

    http://infashion-wings.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  13. Que fotos lindíssimas! Adoro :)
    Adorei as fotos do cemitério, é verdade conseguem ser sítios tão estranhamente apaziguadores. Nunca tinha visto imagens nem do túmulo de Chpin nem do Morrison. Fantástico!
    beijinhos, Ana

    The Insomniac Owl Blog

    ReplyDelete
  14. Que sonho de cidade e que saudades que tenho de lá ir, é linda :)

    http://venus-fleurs.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  15. Fotos encantadoras, tenho saudades desse lugar!
    xoxo, Sofia Pinto
    LAST POST ♥

    ReplyDelete
  16. não me canso de rever estas fotos!

    ReplyDelete

Partilha o que pensas e não te acanhes! ;)
Se fizeres alguma questão directa, eu responderei no post! Para receberes um aviso com a resposta basta clicares em "subscribe by email".

Se preferires, podes contactar-me por e-mail (myfashioninsiderblog@gmail.com) ou através da página do Facebook (sou mais rápida)!

P.S. Aqui há espaço para críticas, mas insultos, ataques pessoais e demais despropósitos não serão publicados!

ShareThis