27 September 2019

Travel | O meu cruzeiro pelas Caraíbas - parte I


Eis que quebro o silêncio para vos trazer a tão prometida publicação sobre o 

CRUZEIRO PELAS CARAÍBAS!



Desde a última vez que vos escrevi, rumei a Miami, estive a bordo do navio MSC Seaside (fabuloso!),
fugimos de mais! um furacão (desta vez o Dorian!, há 2 anos tinha sido o Irma),
e acabámos por fazer não um, mas dois itinerários pelas Caraíbas!

Neste primeiro post vou partilhar convosco as aventuras do 1º itinerário:
MIAMI - JAMAICA (Ocho Rios) - ILHAS CAIMÃO (George Town) - MÉXICO (Cozumel)
(a 4ª paragem, que seria Nassau, nas BAHAMAS, foi cancelada devido ao furacão Dorian).



Adicionalmente, no final desta publicação, 
esperam-vos ASPECTOS PRÁTICOS DA VIAGEM,
incluindo preços, descrição do navio, duração, ect

Espero que gostem de descobrir um bocadinho das Caraíbas comigo!


MIAMI
Miami, uma cidade que já conheço bastante bem, foi o ponto de partida do itinerário.
Ficámos alojados lá uma noite, num hotel novo, o The Guild, do qual gostámos bastante!


Tínhamos planeado mais uma incursão na Flórida, quando regressássemos do cruzeiro,
mas o Dorian tinha outros planos!


Assim, não tenho nada de novo para vos mostrar sobre este estado dos EUA,

JAMAICA - Ocho Rios
Esta paragem é conhecida pelas cascatas do rio Dunn, que, segundo dizem, são bastante bonitas!


Uma vez que viajei em família (incluindo com os meus avós!), decidimos fazer algo menos aventureiro:
assim, saímos do barco e rumámos à praia privada mais próxima (com um custo de entrada de 3 dólares),
onde passámos umas horas ociosas nas águas quentes e calmas.


Aproveitei para tirar imensas fotografias, algumas das minhas favoritas de toda a viagem,
e que fui partilhando, uma e outra vez, no Instagram @_nadiasepulveda.


Foi um primeiro pedacinho de paraíso muito agradável
tirando o ocasional cheiro a cannabis que por vezes o vento trazia
e o escaldão que apanhei quando - irresponsavelmente - me esqueci de renovar o protector solar da cara!
(Sim, os médicos também cometem destes erros!)



ILHAS CAIMÃO - George Town
Nas ilhas Caimão fizemos uma excursão para ver as raias a Stingray City, e foi ABSOLUTAMENTE INCRÍVEL!
Foi sem dúvida dos melhores pontos de todo o cruzeiro!
Ver as raias de tão perto, no seu habitat natural, naquelas águas paradisíacas, foi um sonho!


No início o guia deixa-nos alimentar uma raia, se assim o quisermos, 
tocar-lhe com calma (cuidado com a cauda!) e ainda dar-lhe um beijinho!
Toquei numa delas, têm um toque a couro molhado, muito agradável!
No entanto, dispensei a foto do beijo e fiz um pouco de "snorkeling",
usando a GoPro para filmar as raias a deslizar majestosamente nas águas baixas...
e sentindo-me invadida por uma calma e uma paz enormes...



Findo o passeio, regressámos a George Town, e demos uma volta pelos mercados,
a minha mãe em busca de globos de neve e eu de um íman 
(as formas de cada uma de nós marcar os locais que visita).


Fizemos a reserva da excursão antecipadamente, através do site da MSC, 
e ficou cerca de 50 por pessoa. 
Recomendo-a vivamente, decorreu tudo dentro do esperado,
e os transportes (autocarro e barco) funcionaram na perfeição, sem atrasos!

MÉXICO - Cozumel


Este porto foi o que menos gostei de toda a experiência do cruzeiro,
mas penso que tal se deverá ao facto de termos dado apenas uma pequena voltinha pelas lojas,
antes de descobrir que o furacão Dorian estava na rota do nosso cruzeiro...
Naturalmente, recordando-nos da experiência do furacão Irma, em 2017, 
ficámos aborrecidos e já pouco conseguimos aproveitar!


Cozumel é uma ilha mexicana pequena, localizada ao largo da famosa Riviera Maya,
conhecida pelos locais de "snorkeling"!
As suas ruas são bastante animadas, ao estilo mexicano, 
por isso se o que pretenderem for uma "tequilla" fresquinha, também se arranja!


Nesta altura do percurso, fizemos um dia de navegação, findo o qual deveríamos chegar às Bahamas,
mas o MSC Seaside teve de fazer uma alteração de percurso e voltar a Miami!
Foi nessa altura que tomámos a decisão de ficar a bordo do navio mais uma semana,
para não termos de enfrentar mais uma fuga de um furacão em terras americanas!
Dentro do navio estaríamos em segurança e poderíamos aproveitar as férias!


Findo este 1º itinerário, deixo-vos com alguns:

Aspectos Práticos do CRUZEIRO MSC SEASIDE - parte I

PLANEAMENTO
A viagem foi planeada em agência de viagens, pelos meus pais, 
tendo os voos e o cruzeiro sido adquiridos separadamente.
Marcámos a viagem com uma antecedência de meses, 
que costuma ser a forma mais vantajosa de reserva de cruzeiros!
Há quem reserve inclusive de um ano para o outro!

O seguro de viagem e o visto foram realizados por intermédio da agência.

O NAVIO


O MSC Seaside é um navio construído em 2017, pertencente a uma companhia italiana,
com 323 metros de comprimento e capacidade para 5331 passageiros!


Elegante, moderno e enooorme, é um verdadeiro colosso,
sobejamente diferente do outro navio no qual tinha viajado pelo mediterrâneo em 2013, o Pullmantur Sovereign.


O preço depende bastante do tipo de experiência que adquirem,
em termos de serviço, assim como do tipo de camarote/suite.
No nosso caso, por semana e por pessoa, o cruzeiro (alojamento + refeições) ficou cerca de 800.


Os camarotes são bastante agradáveis e confortáveis, quer os interiores, quer os com varanda,o tamanho é bastante adequado e não são nada claustrofóbicos!
A dado passo uma pessoa esquecia-se que estava num barco!
A limpeza era igualmente exemplar e o ambiente era muito agradável;
apesar do barco estar cheio, apenas se sentia algum constrangimento na hora do almoço, no "buffet"!


O Seaside tem 19 bares e 17 restaurantes, assim como 3 piscinas exteriores, diversos jacuzzis, spa
e um mini parque aquático.
As piscinas são o único ponto fraco que consigo identificar no navio:
são desproporcionalmente pequenas para o tamanho do barco e o número de passageiros!


DURAÇÃO
Este primeiro itinerário correspondia a uma viagem de 8 dias e 7 noites,
sendo o primeiro dia destinado ao embarque dos passageiros,
2 à navegação em alto-mar (essenciais para percorrer as distâncias mais longas),
4 às paragens nos portos referidos (onde passámos entre 6 a 11 horas, dependendo do destino),
e o último ao desembarque.


Sinto que se consegue uma experiência de viagem bastante satisfatória desta forma, 
permite-nos visitar um pouco de cada sítio e não senti que fosse um ritmo difícil de acompanhar!
Nalguns sítios uma maior duração seria bem-vinda, com certeza, mas no geral, penso que era adequada!
Os dias de navegação, longe de serem tempo perdido, 
permitiam um dia mais relaxado, a apanhar sol, a ler, a desfrutar do belo barco Msc Seaside
(incluindo descobrir as múltiplas pontes, como a Infinity Bridge que mostrei nas fotos anteriores!)


VOO
O voo para Miami foi feito através da Air Europa.
Partiu do Porto e fez escala em Madrid; por pessoa ficou cerca de 500, ida e volta.
Relativamente à ida não temos nada a apontar, 
inclusivamente quando tivemos de mudar as datas dos voos por causa do furacão foram bastante prestáveis...
mas no voo de regresso...a história foi outra!
Houve um atraso de mais de 6 horas na partida, por avaria técnica,
o que constituiu um ENORME transtorno,
sobretudo porque perdemos o voo de ligação em Madrid!
A companhia não teve uma boa atitude nem no terreno, nem à posteriori, 
recusando-se a indemnizar-nos pelo sucedido, mesmo depois da nossa reclamação.
Ficámos muito mal impressionados!

Espero que tenham gostado desta primeira parte!

Na próxima publicação irei falar-vos do 2º itinerário pelas Caraíbas, 
que contempla Porto Rico, Ilhas Virgens, St Marteen e Bahamas,
assim como mais aspectos práticos do cruzeiro MSC Seaside, incluindo alimentação, bebidas, internet e muito mais!
Não percam!

Beijinhos

1 comment:

  1. Tão mas tãoooo Lindaaaa! Adoro as fotos, outfits no ponto e foi incrível seguir a viagem pelo Instagram.

    Maravilhoso!
    Um beijinho.
    https://www.julianaoliveira.pt/

    ReplyDelete

Partilha o que pensas e não te acanhes! ;)
Se fizeres alguma questão directa, eu responderei no post! Para receberes um aviso com a resposta basta clicares em "subscribe by email".

Se preferires, podes contactar-me por e-mail (myfashioninsiderblog@gmail.com) ou através da página do Facebook (sou mais rápida)!

P.S. Aqui há espaço para críticas, mas insultos, ataques pessoais e demais despropósitos não serão publicados!

ShareThis